quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

2.ª CAMINHADA DE LUTA CONTRA A AIDS

Programa Municipal de DST/HIV/AIDS e Hepatites Virais

Programa Saúde e Prevenção nas Escolas


2ª Caminhada municipal em Comemoração ao Dia Mundial de Luta contra a Aids mobiliza a população no combate ao preconceito e a doença

Hoje (08) pela manhã, aproximadamente 750 alunos da rede municipal de ensino de Aracruz, percorreram o Centro da cidade, levando à população mensagens de prevenção e combate a Aids e o respeito às pessoas que convivem com a doença, na 2ª Caminhada em comemoração ao Dia Mundial de Luta contra a Aids, ocorrido no dia 1º de dezembro. A ação é o ponto culminante do encerramento do Programa Saúde e Prevenção nas Escolas, o SPE, desenvolvido este ano, com 15 escolas da rede municipal de ensino. O evento foi promovido pelas secretarias de Saúde e Educação, da Prefeitura de Aracruz.

A caminhada teve como tema central “Histórias de vida diferentes, mas uma causa comum: lutar contra o preconceito em torno da doença”. É a segunda vez que a estudante Vanessa Bergamini, de 14 anos, do 9º ano da EMEF Eurípedes Nunes Loureiro participa da ação. “É muito importante mostrar para as pessoas que têm preconceito que, quem tem Aids pode levar uma vida normal, como qualquer outra pessoa, mas temos fazer a prevenção usando a camisinha para não pegar a doença”. O secretário de Saúde, Evilasio Oliveira Costa passou uma mensagem aos alunos. “Vocês alunos, iniciaram o dia de hoje de uma forma muito importante, levando informações de prevenção à saúde a toda a comunidade aracruzense. Cada um de vocês vai lembrar desta caminhada como demonstração de toda a consciência e conhecimento que vocês adquiriram com o SPE”, destacou.

A subsecretária Municipal de Educação, Andréa Cristina Almeida falou sobre o SPE. “A Aids é um tema muito discutido e estamos encerrando hoje o Programa Saúde e Prevenção nas Escolas, que vem dando certo, gerando resultados muito bons. Esse projeto não poderia ser inciado se os professores das 15 escolas participantes este ano, entendessem a importância de trabalhar saúde e prevenção com os alunos de nossas escolas”.Por ano, são registrados no país aproximadamente oito mil casos de Aids em jovens de 13 a 29 anos, segundo dados oficiais. O estudante Carlos Roberto Ritis Júnior, de 16 anos, que cursa o 9º ano na Cemeb Professora Maria Luiza Devens, antigo Caic, falou da importância da caminhada no combate a esses índices. “A caminhada serve como uma lição de vida contra a Aids. Mostramos as pessoas que ela pode sim ser prevenida”, finalizou.

Escolas participantes: CMEB Álvaro Souza (Vila do Riacho), CMEB Honório Nunes de Jesus (Morobá), CMEB Professora Maria Luiza Devens (Bela Vista), CMEB Mário Leal Silva (Guaraná), CMEB Paulo Freire (São Marcos), EMEF Abílio Correia de Amorim (São Marcos), EMEF Ezequiel Fraga Rocha (Bela Vista), EMEFI Caieiras Velha (Caieiras Velha), EMEF Três Palmeiras (Boa Esperança), EMEP Irajá (Boa Esperança), EMP Pau-Brasil (Pau-Brasil), EMEFI Dorvelina Coutinho (Comboios), EMEF Luiza Silvina Jardim Rebuzzi (Jequitibá), EMEF Santa Cruz (Santa Cruz) e EMEF Zilca Nunes Vieira Bermudes (Guaxindiba).

A Caminhada contou com o apoio das empresas parceiras:

• Fundação Nutripetro;

• Emflora Empreendimentos Florestais;

• Instituto Júlio Simões;

• Unimed Piraqueaçú;

• Mendes Júnior;

• Laboratório Diagnose;

• Laboratório Aracruz;

• Laboratório Biolife;

• Laboratório Thonson;

• Expresso Aracruz;

• Posto 13 de Maio;

• Transportadora Lozer;

Contamos também com a participação de seguintes órgãos públicos:

• SEMIT - Secretaria Municipal de Infra-estrutura;

• Secretaria Municipal de Turismo, Desporte e Cultura;

• SAAE;

• 5º Batalhão da Polícia Militar;

• Conselho Municipal de Saúde;

• FUNAI - Fundação Nacional do Índio;



O SPE: CONHEÇA O PROGRAMA

O Programa Saúde e Prevenção nas Escolas (SPE) se constitui como uma ação interministerial - Ministério da Saúde e Ministério da Educação - em parceria com UNESCO, UNICEF e UNFPA. O SPE possui gestão descentralizada, por meio da constituição de grupos de trabalho e/ou grupos gestores, nas três esferas de governo (federal, estadual e municipal), com a participação de organizações da sociedade civil, universidades e outros parceiros locais. Agrega diferentes iniciativas regionais e contribui para o fortalecimento da resposta nacional à epidemia de HIV/AIDS.

Essa iniciativa tem como propósito reduzir as vulnerabilidades e contribuir para a promoção da saúde dessa importante parcela da população, promovendo ações sobre questões relacionadas à saúde integral, como qualidade de vida, prevenção das DST/Aids, gravidez não planejada, diversidade sexual, drogas, promoção da cultura de paz, por meio do desenvolvimento articulado de ações no âmbito das escolas e das unidades básicas de saúde.

De acordo com a coordenadora do programa municipal DST/HIV/AIDS e Hepatites Virais, Stela Pacheco, “o SPE também trabalha para integrar as redes de serviços do setor educação e do Sistema Único de Saúde nos territórios, com o fortalecimento e sustentação da articulação entre as escolas públicas e as unidades de saúde da família, por meio da realização de ações dirigidas aos alunos”.

O Grupo Gestor Escolar é o foco de trabalho do curso de formação. Cada escola elege em média, quatro pessoas para integrar o grupo que vai participar do curso. Antes de formar os grupos que contam com a participação de alunos, que são os futuros multiplicadores do programa na escola e na comunidade, os pais são conscientizados sobre a importância de fazer parte do grupo. Nos encontros, realizados uma vez por mês, o Grupo Gestor Escolar é estimulado a desenvolver atividades na escola, voltadas às temáticas discutidas em cada módulo. Os resultados obtidos com essas atividades são apresentados na formação, que é coordenado por uma psicóloga e assistentes sociais do Programa Municipal de DST/HIV/Aids e Hepatites Virais e da educação.

Os assuntos abordados nos módulos deste ano foram: A busca de novos caminhos para prevenir DST/AIDS; Relações de Gênero; A sexualidade na vida humana; Saúde sexual à saúde reprodutiva; Doenças Sexualmente Transmissíveis e Aids e Planejamento de uma ação local integrada.

A culminância do SPE é a realização da 2ª Caminhada em Comemoração ao Dia Mundial de Luta contra a Aids, que é celebrado em todo o mundo, no dia 1º de dezembro.

Abaixo fotos do evento:

3 comentários:

  1. Jacira... Aonde estão as fotos??? E o meu comentário??? Onde...

    ResponderExcluir
  2. Meninas, as dúvidas de vcs já foram eclarecidas, certo?

    ResponderExcluir