sábado, 30 de abril de 2011

Síndrome de Cushing





(CID 10 – E24)


O que é

Conjunto de sinais e sintomas que caracterizam a desordem endócrina causada por níveis elevados de cortisol (cortisona) no sangue.

O nome da síndrome se deve ao neurologista americano Harvey W. Cusching, que em 1912 relatou suas descobertas sobre a doença, publicando os resultados de suas pesquisas em 1932.


Causas

A causa mais frequente é o uso da cortisona e seus derivados (antiinflamatórios esteróides ou corticóides, entre eles o Prednisona) – Cushing iatrogênico.

Outra causa, de ocorrência mais rara é a Doença de Cushing, caracterizada pela presença de microadenomas hipofisários ou adenomas adrenais (tumores benignos das glândulas hipófise e supra renal).


Sinais e sintomas


Obesidade centrípeta (aumento de peso com deposição de gordura no tronco e região posterior do pescoço, popularmente conhecida como “giba”);

deposição de gordura e hiperemia (rubor) no rosto e região malar (facies de lua cheia);

redução de massa muscular em membros superiores e inferiores; fraqueza muscular;

fragilidade capilar com equimoses (manchas arrocheadas) espontâneas;

hipocalcemia (diminuição dos níveis de cálcio no organismo);

cansaço fácil, insônia, labilidade emocional;

nas mulheres hirsutismo (crescimento anormal de pelos no rosto) e alterações menstruais;

aumento da pressão intraocular;

estrias avermelhadas ou violáceas no tórax e abdome:

imunossupressão.


Diagnóstico

Exame para dosagem dos níveis de cortisol na saliva, sangue e urina ; dosagem de ACTH (hormônio adenocorticotrófico)
Exames auxiliares: bioquímicos gerais; Tomografia Computadorizada (TC); RX do tórax; Eletrocardiograma (ECG); Densitometria Óssea; Ressonância Magnética (RM). Estes auxiliam na identificação de algumas das possíveis complicações.

Complicações

Hipertensão arterial; diabetes; osteoporose; acidente vascular cerebral (AVC); hipertrofia ventricular esquerda; insuficiência cardíaca congestiva (ICC).


Tratamento

Cushing Iatrogênico – retirada da medicação com redução gradativa das doses (desmame).

Doença de Cushing – radioterapia; hipofisectomia (retirada cirúrgica da hipófise) ou adrenectomia; antineoplásicos.

Fonte das imagens - pesquisa de imagens do Google

4 comentários:

  1. Oi, Renata! Obrigada pela visita.

    ResponderExcluir
  2. Estou com doença de cushing, é muito difícil o tratamento? e a recuperação é rápida?

    Patricia

    ResponderExcluir
  3. Estou em tratamento e lutando contra os efeitos da obesidade.

    ResponderExcluir